pensando

O Autoconhecimento tem sido imprescindível para o posicionamento das escolhas que os indivíduos fazem na vida. Sem se conhecer realmente a pessoa acaba fazendo escolhas equivocadas, gerando emoções diversas em decorrência disto tais como: apatia; angústia; desmotivação; tristezas; falta de sentimento de pertencimento, entre outros.

O autoconhecimento é a porta de entrada para o desenvolvimento pessoal. Frente a tamanha importância, devemos investir em nos conhecer melhor para fazermos escolhas assertivas e coerentes.  Os três passos para buscar o autoconhecimento podem ser destacados como:

  1. Conhecer seus talentos

 Olhar para si mesmo e identificar seus próprios talentos nem sempre é fácil, mas fundamentalmente necessário para quem quer o autoconhecimento.

Quando perguntamos à alguém quais seus talentos, na maioria das vezes elas não os sabem descrevê-los. Isto ocorre, primeiramente, porque não estamos habituados a pensar no assunto. Depois, os talentos não são rapidamente identificados. E para tornar mais claro, comece a lembrar das habilidades que você tem naturalmente. O que você faz com facilidade e que muitas pessoas reconhece. Geralmente, as pessoas próximas costumam dar esta dica, enfatizando que você é bom naquilo que faz.

Conhecendo melhor seus talentos, você terá mais clareza para identificar o caminho à percorrer em busca de uma carreira profissional. Pois, aquilo que você faz bem e de forma destacada frente aos demais, tem maiores chances de dar certo, além de elevar seu nível de satisfação.

  1. Conhecer seus limites, sua capacidade e sua dinâmica

Conhecer nossos limites é também passagem do processo de autoconhecimento. Cada ser tem sua capacidade de adaptação e até de suportar determinadas situações. Portanto, é imperativo que busquemos conhecer nosso nível de superação, entendendo que faz parte da nossa personalidade. Frente a isto, nos submetamos a olhar para nós mesmos e identificarmos nossos limites, nossa capacidade e nossa dinâmica.

Ter uma visão real do modo de atuar no mundo (sem imputar qualquer tipo de culpa), e entender que impactará no resultado das nossas escolhas é uma maneira madura de fortalecer o autoconhecimento para eventualmente promover as mudanças que julgar necessárias.

  1. Identificar pontos a aprimorar

Vivemos em torno de pessoas e com elas nos relacionamos o tempo todo. Invariavelmente, temos alguns conflitos determinados por nossa comunicação (verbal e não verbal); por nossa forma de atuar no mundo (as vezes inflexíveis); por nossa intolerância; por estarmos presos a modelos ultrapassados de liderança; por dificuldade em lidar com desafios difíceis; por não conseguir agir com inteligência emocional; por medos e crenças limitantes; enfim, são inúmeras razões para que sintamos necessidade de aprimorar e que só podem ser realizadas a partir do autoconhecimento.

Então, conhecer nossos mecanismos de atuação no mundo nos permite identificar e corrigir nossas ações para uma efetiva melhora nossa vida profissional e pessoal.

 

Eliane Nunes Viana

Psicóloga – CRP 06/35.513

(11) 99543-7199

eliane@rhnovavisaosocial.com.br

Os Três passos para o Autoconhecimento

Deixe uma resposta